Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba

ASPOL se reúne com assessoria jurídica para adotar ações em favor da Polícia Civil

ASPOL se reúne com assessoria jurídica para adotar ações em favor da Polícia Civil

A diretoria da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba – ASPOL/PB se reuniu, na tarde desta quarta-feira (05), com a assessoria jurídica da entidade  para agilizar medidas em favor da Polícia Civil, a fim de combater  atos de setores da Polícia que denotam, em tese, parcialidade e possíveis indícios de abuso de autoridade contra a categoria investigativa.

Há um mês, mais de 150 policiais receberam punições administrativas de forma injusta, apenas por irem às ruas protestar por melhorias de trabalho e mostrar à população, a deficiência nos equipamentos de trabalho, como coletes, armas e munições, além da falta de estrutura nas unidades policiais do Estado.

Existe visível omissão diante das necessidades dos policiais civis, com apurações no âmbito disciplinar que não têm tido o mesmo andamento contra outros profissionais da polícia. A ASPOL suspeita que delegados da gestão estão sendo protegidos, já que em alguns casos as apurações determinadas autoridades policiais são preliminarmente arquivadas, isso quando não se quer são deflagrados procedimentos.

“São atos injustos, seja da Delegacia Geral ou da Secretaria, com os policiais civis. Até quando vamos sofrer com perseguições desnecessárias, quando a categoria só quer respeito àqueles que são concursados e ocupam o cargo por mérito. Vamos agilizar ações e pedir igualdade e respeito aos profissionais que tanto se empenham para oferecer uma segurança pública de qualidade à população, apresentando números que fazem a Polícia Civil da Paraíba ser uma das mais bem avaliadas do Brasil, mesmo recebendo o pior salário do país”, disse a presidente Suana Melo.

05 de setembro de 2018