Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba

  

    

ASPOL/PB se reúne com secretário de segurança e apresenta estudos e propostas salariais para a categoria

ASPOL/PB se reúne com secretário de segurança e apresenta estudos e propostas salariais para a categoria

A diretoria da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba - ASPOL/PB se reuniu, na tarde desta segunda-feira (25), com o secretário de Estado de Segurança e Defesa Social da Paraíba, Jean Francisco Bezerra Nunes. O encontro aconteceu no gabinete do Secretário e contou com a participação da presidente da ASPOL/PB, Suana Melo, dos diretores da entidade Evellyne Pontes, Emanuel Souza e Jonathan Coimbra, e do delegado geral da Polícia Civil, Isaías Gualberto.

Na ocasião, Suana apresentou as principais demandas da categoria investigativa, como a necessidade de recomposição salarial, mostrou dados concretos dos estudos de 2015 a 2019 da ASPOL e da Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis - COBRAPOL, que colocam os policiais da Paraíba no ranking de “Pior salário do país”, e discutiu as perdas inflacionários que chegaram a 48,69%, nos últimos oito anos.

Foram apresentadas, também, soluções viáveis para a recomposição salarial, como o pagamento através de subsídio, que é uma forma constitucional de promover respeito à Lei (Art.144, §9 e art. 37, §4 ambos da CF/1988) e ao trabalhador policial, além de não permitir perdas salariais de mais de 40% com a aposentadoria.

A presidente defendeu ainda a urgente equiparação do Vencimento da categoria investigativa ao nível superior, como também  equiparação do Risco de Vida a todos os policiais, sendo esta uma forma de respeito à dignidade humana, já que atualmente existe diferença no pagamento, como se uma vida valesse mais que outra. Por fim, discutiu a implementação de um Plano de Cargos, Carreira e Remuneração - PCCR e questionou a demora na publicação das Promoções, sendo informado pelo Secretário que foi solicitado pelo Governador um estudo do impacto.

O secretário de Segurança, Jean Francisco, agradeceu a confiança e apoio dos policiais e falou que está aberto a debater as demandas da categoria. “Queremos ouvir da classe o que é prioridade para buscarmos oportunidades de avançar nas melhorias. Muito se tem falado em concurso, mas é importante priorizar quem já está dentro da Polícia”, disse o secretário.

”A reunião foi importante e necessária para que busquemos as melhorias que os policiais aguardam, tanto para exercer o direito de se aposentar, quanto para  recompor a remuneração e deixar o ranking de pior salário do país! A categoria investigativa contribuiu para atingir metas por 07 anos consecutivos, chegou a hora de reconhecer esse trabalho, e a ASPOL não abrirá mão dessa valorização”, disse a presidente Suana Melo.