Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba

  

    

ASPOL/PB protocola proposta de subsídio para policiais civis

ASPOL/PB protocola proposta de subsídio para policiais civis
A diretoria da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba - ASPOL/PB protocolou a proposta de subsídio para os policiais civis discutida com a categoria em Assembleia Geral. O documento foi entregue ao secretário da Segurança e da Defesa Social da Paraíba, Jean Nunes, durante uma reunião na tarde desta segunda-feira (29).
 
No ofício, a proposta contempla as categorias de Agente de investigação, Escrivão de Polícia, Agentes Operacionais e de Telecomunicações, reconhece o nível superior de alguns cargos e equipara o risco de vida de todos, considerando ainda 23% entre as classes, que é a média nacional.
 
“O secretário Jean compreende a importância do subsídio e da recomposição do salário da categoria investigativa da Paraíba, porque hoje recebemos o pior salário do país. Autorizou o diálogo com outros gestores da administração, sendo uma ponte importante na construção da valorização efetiva dos policiais civis, por meio de uma remuneração digna.”A diretoria da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba - ASPOL/PB protocolou a proposta de subsídio para os policiais civis discutida com a categoria em Assembleia Geral. O documento foi entregue ao secretário da Segurança e da Defesa Social da Paraíba, Jean Nunes, durante uma reunião na tarde desta segunda-feira (29).

A diretoria da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba - ASPOL/PB protocolou a proposta de subsídio para os policiais civis discutida com a categoria em Assembleia Geral. O documento foi entregue ao secretário da Segurança e da Defesa Social da Paraíba, Jean Nunes, durante uma reunião na tarde desta segunda-feira (29).

No ofício, a proposta contempla as categorias de Agente de investigação, Escrivão de Polícia, Agentes Operacionais e de Telecomunicações, reconhece o nível superior de alguns cargos e equipara o risco de vida de todos, considerando ainda 23% entre as classes, que é a média nacional.

“O secretário compreende a importância do subsídio e da recomposição do salário da categoria investigativa da Paraíba, porque hoje recebemos o pior salário do país. Autorizou o diálogo com outros gestores da administração, sendo uma ponte importante na construção da valorização efetiva dos policiais civis, por meio de uma remuneração digna", disse a presidente da ASPOL/PB, Suana Melo.

ASPOL/PB - 30/04/2019