Panfletagem: ASPOL oferece recompensa de R$ 5 mil pela identidade de homem que matou policial civil em João Pessoa

Panfletagem: ASPOL oferece recompensa de R$ 5 mil pela identidade de homem que matou policial civil em João Pessoa

Dezenas de policiais civis compareceram à panfletagem organizada pela Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (ASPOL/PB) nesta terça-feira, 21, para divulgar o pagamento da recompensa de R$ 5mil para qualquer informação que leve à identidade do homem que assassinou o escrivão Waldir Ponce de Léon. A ação aconteceu no bairro do Valentina Figueiredo, em João Pessoa, mesmo local onde o crime ocorreu, há exatamente um mês, e contou com a presença de familiares do policial civil.

Para a presidente da associação, Suana Melo, a presença dos policiais civis demonstrou a união da categoria investigativa. “A participação revela o comprometimento e o espírito de corpo daqueles que são representados por essa Associação, que hoje é a maior entidade representativa da Polícia Civil da Paraíba, deixando bem claro que não esquecemos do nosso colega Léon e estamos trabalhando para identificar e prender o responsável por tê-lo assassinado”, destacou Suana.

“Policiais da Capital e também de outras localidades do Estado fizeram questão de participar. Distribuímos panfletos e trouxemos faixas, que indicam o valor da recompensa e ainda divulgam o Disque Denúncia – 197, número para o qual as pessoas devem ligar caso tenham informação. A ligação é gratuita e garante sigilo”, frisou o vice-presidente, Valdeci Feliciano, que se deslocou de Campina Grande para estar presente na panfletagem.