Investigadores vão a AL para cobrar promoções funcionais, aquisição de coletes e fim do assédio moral na Polícia Civil

Investigadores vão a AL para cobrar promoções funcionais, aquisição de coletes e fim do assédio moral na Polícia Civil

A diretoria da Associação de Policiais Civis de Carreira da Paraíba – ASPOL/PB e vários investigadores criminais associados da instituição estiveram, na manhã desta terça-feira (25), na Assembleia Legislativa da Paraíba participando da Sessão Ordinária na qual foram destacados os problemas referentes à estrutura de trabalho dos Policiais Civis. Entre as reinvindicações estão o fim da suspensão das promoções por parte do Governo do Estado, e o fim do assédio moral na Polícia Civil, assim como a aquisição de novos equipamentos de trabalho para a segurança do profissional.

O deputado estadual pelo PTN, Janduhy Carneiro, fez uso da tribuna para tratar dos problemas enfrentados pela Polícia Civil da Paraíba. Ele destacou, em especial, a questão dos policiais receberem o pior salário do país, o fato das promoções estarem suspensas, a questão do assédio moral por parte de superiores hierárquicos contra os investigadores dentro das unidades policiais e da falta de coletes e armas com problemas.

Para a presidente da ASPOL, Suana Melo, a participação dos policiais neste momento é importante para buscar novos apoios na luta por melhorias de trabalho. “Estamos mostrando para os deputados que os investigadores criminais do Estado precisam de atenção e apoio nesta luta. Buscamos melhorias de trabalho e dignidade ao profissional que se dedica tanto a solucionar os crimes e garantir o direito do cidadão. Esperamos discutir isso em uma sessão especial, para que possamos apresentar as nossas reivindicações e assim conseguir solução definitiva para esses problemas pelos quais os investigadores vem passando”, disse Suana.