Diretoria da ASPOL/PB se reúne com delegado geral da Polícia Civil

Diretoria da ASPOL/PB se reúne com delegado geral da Polícia Civil

A diretoria da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba – ASPOL/PB se reuniu, nesta quinta-feira (05), com o delegado geral da Polícia Civil, João Alves. O encontro aconteceu na sede da Delegacia Geral e entre os assuntos conversados, a presidente da ASPOL/PB, Suana Melo, solicitou informações com relação a não publicação das portarias de acumulação de delegacias para categoria investigativa e de apoio, já que havia um acordo de publicação mensal, que há alguns meses não estava sendo cumprido.

João Alves se comprometeu com essas publicações e disse que há muita demanda na Delegacia Geral. “Vamos continuar nomeando já que a intenção é a valorização dos profissionais que realmente estão trabalhando e querem o melhor para a Polícia Civil, e ainda nesse mês faremos as publicações", disse o delegado.

Com relação às solicitações de transferências por diversos motivos, João Alves disse que o interesse da Administração vem em primeiro lugar. “Temos tentado atender alguns solicitações mais urgentes, que envolvem inclusive problemas de saúde. As permutas têm contribuído, mas nem sempre é possível", disse.

Quanto às promoções, o delegado geral se comprometeu em participar de reunião com o secretário de Segurança do Estado, Cláudio Lima, para saber como está o andamento, uma vez que está sob os cuidados da Secretaria de Segurança.

Para a presidente da ASPOL/PB, Suana Melo, o delegado geral tem se esforçado para atender às solicitações das diversas categorias. "A Associação acredita que a atuação propositiva que vem sendo feita, trazendo as demandas e buscado a solução, tem também auxiliado a Delegacia Geral a encontrar as alternativas viáveis para a gestão da Polícia e que também atendam aos interesses dos policiais. O delegado geral tem ajudado, e a ASPOL há de reconhecer", disse Suana.

Sobre as acumulações, a presidente frisou que o cumprimento das negociações faz toda a diferença para as boas relações. "Sabemos que o delegado João Alves tem respeito pelas categorias investigativa e de apoio, porque é conhecedor do trabalho desenvolvido por esses profissionais em toda a Paraíba", completou a presidente.

O vice-presidente da ASPOL/PB, Valdeci Feliciano, comentou que as acumulações de delegacia já deveriam ter sido publicadas há anos. “A nossa categoria está num prejuízo histórico, amargando uma espera que foi quebrada a partir da atuação da Associação e do apoio do delegado geral que esteve pessoalmente na Secretaria de Administração para resolver o problema da estagnação das acumulações. Estamos confiantes que essa situação vai se resolver", finalizou Valdeci.