ASPOL vai às ruas em protesto contra a Reforma da Previdência e Trabalhista

ASPOL vai às ruas em protesto contra a Reforma da Previdência e Trabalhista

A Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba - ASPOL - participou, nesta sexta-feira (28), do movimento grevista realizado em todo o país com o apoio de diversas categorias e que teve o objetivo de chamar a atenção para as reformas da Previdência e Trabalhistas propostas pelo governo federal. O ato aconteceu no Ponto de Cem Réis, no centro da capital.

Centenas de manifestantes, representantes sindicais e de associações se reuniram para mostrar a insatisfação com as Reformas propostas pelo governo. No encontro, foram debatidas as consequências da terceirização e das mudanças na previdência para o trabalhador.

Para a presidente da ASPOL, Suana Melo, toda a sociedade é atingida quando se perdem direitos. “As reformas da previdência e trabalhista querem exatamente fazer ajustes que irão prejudicar o trabalhador brasileiro, em especial das camadas mais pobres. A ASPOL é contra os pacotes do governo federal que já precarizam a saúde, a educação e a segurança, e agora a previdência. Não aceitamos jogar a culpa da corrupção e do desvio de dinheiro público para o povo. Implementar programas de países desenvolvidos sem prover qualidade de vida para o cidadão brasileiro não parece nada justo", disse Suana.

O vice-presidente Valdeci Feliciano, que participou dos protestos com a categoria em Campina Grande, ressaltou que os investigadores criminais conhecem as mazelas pelas quais a população carente passa. “Também sofremos com o sucateamento da segurança pública e não podemos deixar de protestar contra tudo isso. A ASPOL participou do protesto e levou a categoria para as ruas, tanto em João Pessoa e  quanto em Campina Grande, porque uma polícia cidadã se constrói com o povo”, ressaltou o vice-presidente.