ASPOL parabeniza investigadores pela prisão do último suspeito de roubar policial

01/09/2015 11:33

A diretoria da Associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba (ASPOL) parabenizou os policiais envolvidos na prisão do último suspeito de trocar tiros e roubar a motocicleta do Policial Civil Eraldo Tavares Fausto Júnior, Investigador da Polícia Civil paraibana. A prisão ocorreu por volta das 18h, desta segunda-feira, 31 de agosto de 2015, num supermercado de Campina Grande-PB, após incessante investigação da vítima com policiais de João Pessoa, que já perdurava desde o dia 15 de agosto, quando ocorreu o roubo.

Para Josélia Barbosa, investigadora e Diretora Regional da ASPOL, em Picuí, a prisão é um reflexo de que o trabalho conjunto dos integrantes da polícia sempre surte melhores resultados. Ganha a polícia e ganha a sociedade.

“Ao tomar conhecimento do fato, a Delegada de Polícia e um Investigador, ambos da região de  Picuí-PB, saíram em diligência para efetuar a prisão de um dos criminosos que havia dado entrada no hospital de Trauma, profissionais que parabenizamos pelo trabalho em equipe e vontade de fazer diferente, mesmo com efetivo reduzido”, destacou Josélia.

A presidente da associação, Suana Melo, ressaltou o trabalho dos investigadores de acordo com as leis brasileiras. “Os investigadores estão de prontidão para executarem seu ofício dentro da legalidade, com observância aos parâmetros nacionais e internacionais de uso da força, de maneira menos letal possível, com dedicação e profissionalismo. Assim se faz Segurança Pública", destacou Suana.