ASPOL lança ferramenta de denúncias sobre condições de trabalho em unidades policiais

01/02/2017 15:10

A associação dos Policiais Civis de Carreira da Paraíba – ASPOL/PB lança, neste mês de fevereiro, mais uma ferramenta de ouvidoria. A partir de agora, os associados poderão encaminhar para a ASPOL fotografias das unidades policiais que se encontram com problemas estruturais, ajudando assim na elaboração dos relatórios enviados às autoridades competentes na busca de melhorias para as unidades de trabalho policial em todo o estado. As denúncias são feitas de forma anônima.
O link para o envio do material está disponível no site da ASPOL/PB. O associado poderá enviar até 10 fotografias das instalações que apresentem problemas estruturais, como por exemplo: hidráulicos, elétricos e sanitários. Os policiais civis poderão relatar também se há ausência de equipamentos que auxiliam na acessibilidade ao local ou até mesmo, no combate a incêndios. No link também estará disponível um espaço para que os associados possam detalhar os problemas.
A presidente da ASPOL/PB, Suana Melo, explicou que a ferramenta é uma forma de dar ainda mais oportunidade para que os associados possam apresentar a realidade que estão vivendo no dia a dia no trabalho. "Existem unidades que ainda são ambientes insalubres, a exemplo da delegacia de Pombal, da delegacia distrital e da mulher de Cajazeiras e da Delegacia de Itaporanga, cujas  instalações estão precárias. Reconhecemos que muitas unidades policiais foram melhoradas pelo Governo, mas isso precisa mudar, pois os policiais civis merecem ambientes decentes para trabalhar", disse Suana.